Sindicato dos Metalúrgicos considera grave a posição de Bolsonaro em relação ao Covid-19
25/03/2020 19:52 em Geral

Ignorando os alertas e recomendações da Organização Mundial da Saúde - OMS -, em relação ao avanço da pandemia do novo coronavírus, o presidente Bolsonaro defendeu o fim do isolamento social, chamou a doença de gripezinha, condenou o fechamento de escolas e atacou a imprensa acusando-a de causar histeria na população. Uma posição, no mínimo, irresponsável do presidente de uma nação.

 

O Sindicato dos Metalúrgicos de Caxias do Sul e Região considera muito grave as afirmações de Bolsonaro, visto que a doença avança em todo o mundo, matando milhares de pessoas. Nesta quarta-feira, 25 de março, tivemos a notícia da primeira morte no Rio Grande do Sul. A doença está cada vez mais próxima de cada um de nós. O momento é sim de isolamento. 

 

O presidente se diz preocupado com a economia. Estamos todos preocupados com a economia. Mas, antes de qualquer coisa, estamos preocupados com as vidas.

 

Por isso, salientamos que todos devem seguir as recomendações dos órgãos de saúde. Evitar, ao máximo, sair de casa. A reclusão neste momento é a melhor alternativa para salvar vidas.

 

O Sindicato ainda alerta para as empresas, que não são de atividades essenciais, para que parem. Continuamos lutando para que todos os trabalhadores e trabalhadoras possam ficam em isolamento, protegendo suas famílias, seus amigos, seus companheiros e companheiras, vizinhos, enfim, toda sociedade brasileira.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
SHR