Vereador Kiko Girardi comenta sobre a situação da mobilidade no município
13/02/2020 10:22 em Política

Na sessão ordinária desta quarta-feira (12/02), o vereador Kiko Girardi/PSD foi à tribuna do Legislativo, para manifestar que se reuniu com o secretário municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade, Alfonso Willenbring Júnior. Segundo o parlamentar, há problemas na mobilidade, como a falta de uma estação de transbordo, em frente à Marcopolo, em Ana Rech.

 

Kiko ressaltou que algumas obras nunca saíram do papel ou que não há previsão de início e conclusão. “Isso nos preocupa, pois poderá ter menos usuários de transporte público, o que ocasionará o aumento da passagem”, observou.

 

Para o vereador, a situação é preocupante. “Se no próximo edital houver bastantes exigências, possivelmente não vai ter empresa que assuma o transporte coletivo”, afirmou o parlamentar, que ainda ressaltou que poderá haver o sucateamento da frota. “Vamos ter que dar mais tempo de vida útil aos ônibus”, destacou Girardi.

 

Uma das grandes preocupações do vereador é o que chamou de sucateamento do transporte intramunicipal. “As empresas não querem mais fazer o transporte, pois elas têm prejuízo e já foram na secretaria para encerrar o contrato, mas, devido às cláusulas e multas, elas não têm como fazer isso”, salientou o parlamentar.

 

O vereador ainda ressaltou que o futuro aeroporto de Vila Oliva não conta com projeto de estrada de acesso. “O acesso a Vila Oliva, hoje, não é para veículos de grande porte, como caminhões. A via poderá sair muito mais caro que o aeroporto”, afirmou. O parlamentar informou que a Secretaria de Trânsito conseguiu autorização do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER/RS), para fazer roçadas e operação tapa-buracos, entre o viaduto Torto e a BR-116.

Crédito da foto: Gabriela Bento Alves

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
SHR