Volume
Rádio Offline
Secretaria do Urbanismo interdita quatro casas noturnas em bairros de Caxias do Sul
12/04/2019 21:56 em Polícia
A Secretaria Municipal do Urbanismo (SMU) participou da Operação Integrada Metropolitana da Serra Gaúcha com a equipe de Fiscalização na noite desta quinta-feira (11/04/19). Diferentes órgãos de segurança integraram a ação com o objetivo de preservar os resultados expressos pelos indicadores criminais do primeiro trimestre de 2019, que mostram redução em relação ao mesmo período do ano anterior na maioria dos delitos na Serra. A SMU foi a responsável pelo atendimento de denúncias em casas noturnas.

De acordo com o coordenador de operações de fiscalizações da pasta, Rodrigo Lazzarotto, foram vistoriados 11 estabelecimentos de Caxias do Sul, sendo que quatro deles foram interditados e dois foram notificados. “Fomos em vários bares no entorno da cidade para averiguar denúncias sobre perturbação de sossego e falta de alvarás. Nos locais que constatamos os problemas, os proprietários foram notificados ou tiveram o local interditado”, esclareceu Rodrigo. Os estabelecimentos permanecerão fechados até que a situação seja regularizada.

As interdições aconteceram em casas noturnas nas regiões do Canyon, Cristo Redentor e Desvio Rizzo. Três fiscais participaram da ação, que teve apoio da Brigada Militar, Guarda Municipal, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

Operação Integrada Metropolitana da Serra Gaúcha

A Operação Integrada Metropolitana da Serra Gaúcha faz parte do programa RS Seguro, coordenado pela Secretaria Estadual da Segurança Pública (SSP). A ação realizada pela primeira vez nesta quinta-feira (11/04) contou com a participação de agentes da Fiscalização de Trânsito, da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM); fiscais da Secretaria Municipal do Urbanismo (SMU); agentes da Guarda Municipal (GM), vinculada à Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social (SMSPPS); Brigada Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), Instituto Geral de Perícias (IGP) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A estratégia aposta na integração entre órgãos estaduais e municiais de segurança e trânsito e definiu a região serrana como a primeira do interior gaúcho a receber as ações coordenadas de fiscalização. No total, segundo o Estado, foram mais de 300 agentes e cerca de 120 viaturas realizando a operação nos 13 municípios que compõem a Região Metropolitana da Serra.
 

Fotos: Divulgação SMU

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
SHR