PROGRAMA “UBS+” FOI APRESENTADO PARA A CIDADE DE CAXIAS PARA FORTALECER AS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE

Um levantamento feito pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) apontou deficit de dezenas de profissionais nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município. Há vagas a serem preenchidas para 43 médicos, 42 profissionais de enfermagem, 14 odontólogos e oito assistentes sociais. Necessidades que precisam ser solucionadas para implantar o projeto Territórios da Saúde.
Para isso, o prefeito Daniel Guerra lançou nesta sexta-feira (10/11), o programa “UBS+”. A proposta é focar os atendimentos de saúde nas necessidades e características de cada região de Caxias do Sul. Se uma área possui uma população maior de crianças, por exemplo, o serviço pediátrico será reforçado. O diagnóstico do que cada região precisa será feito por meio do levantamento dos registros de atendimentos das UBS’s.
Para consolidar a atenção básica, os 265 profissionais do Pronto Atendimento 24 horas serão realocados para reforçar as equipes das 48 Unidades Básicas de Saúde do Município. O atendimento será multidisciplinar com médicos, odontólogos, psicólogos, enfermeiros e terapeutas ocupacionais, e com a coleta de exames no local. “Queremos humanizar as relações, onde se possa estabelecer um vínculo com as equipes. Teremos todo o acompanhamento do histórico do paciente, dando alguns encaminhamentos dentro da própria UBS. Com a rede básica fortalecida, é possível solucionar de 80% a 90% dos males de saúde da população”, reforça a secretária municipal da Saúde, Deysi Piovesan.
Hoje, cerca de 70% dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) procuram, de maneira equivocada, os atendimentos de urgência e emergência prestados pelo Pronto Atendimento 24 horas, pela Unidade de Pronto Atendimento da Zona Norte (UPA) e pelos hospitais Pompéia e Geral. São casos de baixa complexidade que podem ser resolvidos nas UBS’s, desde que as equipes de trabalho estejam completas para dar conta da demanda.
A nova estrutura de trabalho contará com uma UBS Referência que trabalhará como um núcleo para as UBS’s Satélites. Na Referência, serão oferecidos os serviços que o território mais demanda, como por exemplo, nutricionistas, psicólogos e Núcleos de Atenção à Família. Já as Satélites passarão a contar com mais profissionais da área médica e de enfermagem, que farão os encaminhamentos para a Referência.
Ao todo serão implantados 11 Territórios de Saúde: 10 na área urbana e um na área rural. O projeto-piloto será executado na região Esplanada, que será uma UBS Referência. Lá, as UBS’s Satélite serão São Caetano, Alvorada e Salgado Filho.
“Nosso compromisso sempre foi o de fortalecer o atendimento de saúde baseado na comunidade, o que significa assistir os cidadãos o mais próximo possível dos locais em que eles vivem. Queremos reforçar o vínculo dos nossos profissionais com as pessoas, garantindo uma assistência de qualidade para a população. Esse é mais um compromisso desse governo entregue aos caxienses”, destaca o prefeito Daniel Guerra.
Pronto Atendimento 24 horas
O Pronto Atendimento 24 horas possui, atualmente, 103 médicos, 117 profissionais da área de enfermagem, seis odontólogos, três farmacêuticos, um nutricionista, dois assistentes sociais e 33 servidores com funções administrativas. Todos os 265 funcionários serão realocados para as Unidades Básicas de Saúde. “Ao levar a equipe do PA 24h para as UBS’s, estaremos alocando recursos onde acreditamos ser o local privilegiado para se fazer saúde, que é o território onde vivem as pessoas”, reforça a secretária.
Com isso, o PA passará por uma reorganização. O serviço de atendimento de urgência e emergência será prestado por uma organização social (pessoa jurídica sem fins lucrativos) que firmará um contrato de gestão com o Município. No entanto, serviços como Hemocentro, Samu e Central de Exames não entram no edital e seguem sob a responsabilidade da prefeitura. O chamamento público das empresas interessadas foi realizado em setembro, sendo que seis foram qualificadas por apresentarem a documentação correta. Na próxima semana será lançado o edital para seleção.
11
O termo de referência foi elaborado de acordo com as necessidades do PA. O contrato prevê ainda investimentos em melhorias, como a pintura do local. A previsão é que a nova empresa inicie o trabalho em março de 2018. Nesse período, será iniciado o processo de realocação dos servidores para as UBS’s. Naquelas em que ainda faltarem profissionais, o Município fará novas nomeações para completar as equipes.
2
 Fotos: Daniel Bianchi