CONFIRA AS ATRAÇÕES DA AGENDA CULTURAL OBSERVATÓRIO

A exposição coletiva “Magnitude – Circulação”, com curadoria de Tânia Mara Bettiol Venzon, apresenta a partir do dia 20 de novembro telas e esculturas de artistas locais, da região e do Senegal. A mostra homenageará o Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro no Brasil. A visitação no Centro de Cultura Ordovás abrirá a partir das 18h30.

As obras retratam a beleza e a magnitude presente nas histórias de vida dos negros, representadas pelo olhar dos artistas em homenagem a todas mulheres negras eguerreiras de seu tempo. Entre as personalidades escolhidas estão Dandara dos Palmares, líder que participou e lutou em todas as batalhas bravamente, e Tereza de Benguela, líder quilombola que se tornou rainha, resistindo bravamente à escravidão por duas décadas.

A exposição “Magnitude – Circulação” é um trabalho dos artistas Ana Eliza Felisberto, Fernando Costa, Rafael Ribeiro, Marcos Leal, Lisiane Salgado, Tânia Mara Bettiol Venzon, Josias Silveira da Silva, Homero Ribeiro, Marta Mincato, Math Art, Ousmane Mathurin Ndiaye, Paula Vanzan, Fátima Andreazza, Isabelle Cecatto, Yasmin Fortunatti e Vania Pauletti.

A mostra é uma proposta do Conselho Municipal da Comunidade Negra (Comune), junto ao Movimento Negro Unificado (MNU) e a curadora Tânia Mara Bettiol Venzon.

Serviço

Exposição “Magnitude – Circulação”

Visitação: 20/11 a 25/12, de segunda a sexta-feira, das 9h às 22h, e fins de semana e feriados, das 16h às 22h

Entrada franca

1