CRESCE O USO DO APLICATIVO PARA PAGAMENTO DO ESTACIONAMENTO ROTATIVO EM CAXIAS

Os condutores que precisam utilizar as vagas no Estacionamento Rotativo Regulamentado, em Caxias do Sul, dispõem de uma facilidade à disposição na palma da mão. É o aplicativo Digipare, plataforma que permite ao usuário pagar para estacionar o veículo e renovar a permanência no local direto pelo celular, dispensando a utilização de moedas no parquímetro.
Disponível para smartphones nos sistemas Android e iOS, o aplicativo traz uma série de facilidades para quem estaciona em uma das 2.941 vagas nas Áreas Azul e Verde na região central. O motorista, por exemplo, pode sair do veículo com o tíquete ativado e adquirir mais tempo de permanência também pelo celular, além de fazer o pagamento da tarifa de regularização. Pela plataforma, não há tíquete impresso, uma vez que a fiscalização é feita online por meio da placa do veículo.
Para utilizá-lo, o usuário deve fazer um cadastro diretamente pelo aplicativo. A ferramenta permite a compra de créditos (mínimo R$ 5 e máximo R$ 100), que serão descontados do saldo de acordo com a utilização. A compra pelo aplicativo permite o pagamento apenas com cartão de crédito. Para quem optar por comprar pelo site, a ferramenta permite o pagamento via boleto bancário e com cartão de débito.
Em Caxias do Sul, de acordo com dados da empresa que gerencia o Digipare, o pagamento de vagas no estacionamento pelo aplicativo movimentou cerca de R$ 2.045 nos primeiros 30 dias de operação, em outubro de 2016, e passou para pouco mais de R$ 35 mil no mesmo período deste ano. Pela ferramenta, R$ 17,4 mil foram para adquirir tíquetes por condutores com aparelho do sistema iOS; R$ 15,8 mil por usuários com smartphones Android; e R$ 1,6 mil foram registrados como regularizações do tíquete de estacionamento.
De acordo com o gerente do Estacionamento Rotativo da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM), Rodrigo Tolves, o Digipare é uma ferramenta acessível, fácil de usar e que está cada vez mais sendo utilizada pelos condutores. “Vejo duas grandes facilidades no aplicativo. A primeira é não precisar estar junto ao veículo para substituir o tíquete e renovar a permanência. A outra é evitar a procura por moedas e caminhar muitas vezes longas quadras para pagar o tíquete no parquímetro. São pequenas facilidades que fazem a diferença para quem está no trânsito”, destaca. Tolves lembra ainda que, conforme lei municipal, 26,20% da arrecadação total do Estacionamento Rotativo Regulamentado em Caxias é repassado à Fundação de Assistência Social (FAS), que aplica o recurso em ações sociais na cidade.
11

Foto: Leonardo Portella