BANCO DE ALIMENTOS DE CAXIAS DO SUL PRECISA DE DOAÇÕES

O Banco de Alimentos, vinculado à Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social (SMSPPS), está em busca de doações. A baixa adesão de novos doadores ao programa ocasionou uma diminuição nos estoques. Em contrapartida, o número de entidades cadastradas subiu de 100 para 110 neste ano.

Em 2017, o Banco já recebeu 558 toneladas de alimentos. Mas o volume ainda é insuficiente para atender a necessidade. “Possuímos uma demanda ainda maior e, por isso, precisamos unir nossas forças. Sabemos que muitos estão dispostos a ajudar, então pedimos que as pessoas sejam voluntárias, que doem, que nos auxiliem a alimentar quem não tem condições”, afirma Maria de Lurdes Grison, diretora de Proteção Social e Segurança Alimentar.

Os produtos são arrecadados através de programas de desenvolvimento da prefeitura, como o Sábado Solidário, e também por meio das mais de 25 empresas e de doadores que colaboram mensalmente no combate à fome. Os alimentos que mais estão em falta são feijão e leite. Já o arroz é, geralmente, o produto mais doado.

Outra alternativa, segundo Cristina Fabian Gregoletto, gerente do Banco, é entrar em contato com o serviço. “A nossa equipe também busca produtos em qualquer local da cidade, independentemente da quantidade, basta solicitar”, esclarece. O telefone do Banco de Alimentos é o 3211.5943. Também é possível doar diretamente na sede, que fica na rua Jacob Luchesi, número 3181, bairro Santa Catarina, junto à Ceasa Serra. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

11

Sábado Solidário

Para reverter este cenário, neste sábado (11/11), ocorre mais uma edição do Sábado Solidário. O objetivo da equipe de 120 voluntários é arrecadar alimentos em mais de 25 mercados da cidade. A ação acontece sempre no segundo fim de semana de cada mês e são arrecadadas cerca de sete toneladas de alimentos em cada edição.

Neste sábado, a ação começa às 8h e segue até o horário de funcionamento de cada estabelecimento. Para colaborar, basta ir até um dos mercados participantes e doar qualquer alimento não perecível. O Banco de Alimentos também busca novos voluntários para que as equipes consigam atuar em mais mercados da cidade, aumentando o número de doações.

 11

Fotos: Mateus Argenta e Divulgação/Banco de Alimentos