EDUCAÇÃO, MEIO AMBIENTE E CULTURA DE PAZ SÃO TEMAS DE JORNADA NA UCS

Um espaço de diálogo para fomentar um olhar sensível ao humano e suas circunstâncias será proposto na Universidade de Caxias do Sul, no dia 16 de novembro, durante a III Jornada de Educação, Meio Ambiente e Cultura de Paz. As inscrições para o público se estendem até a data do evento e a admissão de trabalhos de iniciação científica ocorre até 6 de novembro.

Divididos nos eixos temáticos Educação, Cultura de Paz e Espiritualidade; Ética e Direitos Humanos; e Meio Ambiente e Sustentabilidade, os trabalhos serão apresentados pelos inscritos das 9h às 12h, nas salas do Bloco E. A programação ainda compreende as mesas de conversação O Reconhecimento: Perspectivas e Reflexões, às 14h, Resiliência e suas Consequências na Sociedade Moderna, às 15h45, e a palestra Biopolítica, Violência e Paz, às 19h40, todas no auditório do Bloco E.

Às 18h, no Salão de Atos do Bloco A, a UCS concede o título de Doutor Honoris Causa ao professor Miguel Armando Garrido, da Universidade Tecnológica Nacional Resistência, na Argentina.

Um dos coordenadores do evento, o professor Paulo César Nodari explica que, dada a importância do debate sobre a violência e suas mais diversas formas, a Jornada visa auxiliar na reflexão sobre o lugar e a missão do ser humano no universo, de zelo pela convivência pacífica e respeitosa entre os seres. “A educação tem uma missão muito importante, ainda que a ela não podemos auferir a exigência da solução de todos os problemas, para que consigamos formar pessoas com a capacidade de respeito, cuidado e responsabilidade”, afirma.

Para participar da Jornada, que é válida como atividade complementar para acadêmicos da Universidade, investimento é de R$ 15,00. A promoção é do Núcleo de Inovação e Desenvolvimento e do Observatório de Cultura da Paz, Direitos Humanos e Meio Ambiente da UCS. Mais informações sobre a programação, inscrições e submissão de trabalhos podem ser obtidas no site www.ucs.br, no link Eventos.

 

Programação:

16/11, quinta-feira:

- 8h30 - Credenciamento.

- 9h30 às 12h - Apresentação de Comunicações:
Tema – Educação, cultura de paz e espiritualidade (Bloco E, sala 303);

Tema – Ética e direitos humanos (Bloco E, sala 309);
Tema – Meio ambiente e sustentabilidade (Bloco E, sala 313).

- 14h - Mesa de conversação - O reconhecimento: Perspectivas e Reflexões, com a presença dos debatedores Mateus Salvadori, professor da Universidade de Caxias do Sul, o doutorando da UFRGS Marcelo Lucas Cesco e o convidado Odair Camati (Bloco E, Auditório 305).

- 15h45 - Mesa de conversação - Resiliência e suas Consequências na Sociedade Moderna, com os debatedores Ana Maria Paim Camardelo e Luis Fernando Biasoli, ambos da Universidade de Caxias do Sul, e Neiva Viera Trevisan, da MOBREC (Bloco E, Auditório 305).

- 18h - Solenidade de entrega do título de Doutor Honoris Causa para o professor Miguel Armando Garrido, da Universidade Tecnológica Nacional Resistência – Argentina (Salão de Atos do Bloco A).

- 19h40 - Palestra - Biopolítica, violência e paz, ministrada por Amarildo Luiz Trevisan, da UCS, com os moderadores Geraldo Antônio da Rosa e Sônia Regina da Luz Matos, também da Universidade de Caxias do Sul (Bloco E, Auditório 305).