QUINDIM TRAZ A CAXIAS DO SUL A EXPOSIÇÃO “ROGER MELLO UM ARTISTA SEM FRONTEIRAS ”

Centro de Leitura Quindim traz uma exposição inédita para Caxias do Sul: “ROGER MELLO UM ARTISTA SEM FRONTEIRAS”. A mostra de obras (imagens e palavras) do Prêmio Internacional Hans Christian Andersen (Categoria Ilustrador) faz parte da programação da Feira do Livro 2017 e abrirá ao público com acesso gratuito no dia 2 de outubro, às 18h30min, no Museu Municipal (Rua Visconde de Pelotas, 586, Centro).

São reproduções de mais de 30 obras do artista, algumas inéditas no Brasil, que ficarão disponíveis à contemplação da comunidade até 2 de dezembro deste ano. Na abertura da exposição, haverá apresentação especial do Duo de Flautas do Programa Florescer.

Roger Mello é ilustrador, escritor, designer, dramaturgo e diretor de teatro. Nascido em Brasília em 1965, Roger foi agraciado com o Prêmio Nobel da Literatura Infantil e Juvenil, como é considerado Prêmio Internacional Hans Christian Andersen concedido pelo International Board on Books for Young People (IBBY), na Categoria Ilustrador, em 2014.

Autor do logotipo do Quindim e quem sugeriu o nome do Centro de Leitura, Roger já ilustrou mais de 100 títulos, dos quais 22 também foram escritos por ele. Formado em Desenho Industrial pela ESDI/UERJ, trabalhou com Ziraldo na Zappin. É considerado hours concours pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. Por seu trabalho como ilustrador e escritor, recebeu vários outros prêmios e distinções no Brasil e no Exterior. Até agora, já recebeu da Câmara Brasileira do Livro 10 Prêmios Jabuti.

A curadoria da mostra é do diretor do Centro de Leitura Quindim, o caxiense Volnei Canônica. “A exposição Roger Mello um artista sem fronteiras convida você a entrar em um labirinto de imagens e palavras sem uma direção certa a ser percorrida. Aqui, você pode se perder e não ser devorado pelo Minotauro. Só não podemos garantir que você sairá igualzinho como entrou”, instiga o também diretor de teatro, ator, relações públicas e ex-diretor de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, do Ministério da Cultura.

Volnei explica que a exposição tem um caráter interativo. Haverá um “Espaço de Leitura”, em que os visitantes poderão conhecer e ler os livros que compõem a mostra. Também estará aberto um “Jardim da criatividade”, para que as escolas visitantes possam montar uma nova exposição a partir de seu olhar sobre as obras. Para confeccionar a releitura, os estudantes e docentes vão usar materiais reciclados, assim como o artista utilizou para criar, por exemplo, o livro Meninos do Mangue. Para agendar visitas guiadas pela exposição é só entrar em contato com o Museu Municipal, pelos fones (54) 3221.2423 e 3215.4445.

A aproximação da comunidade com o artista Roger Mello e suas obras não ficará restrita à mostra. Um período antes da abertura, ele estará com uma agenda especial na cidade.  No dia 27 de setembro (quarta-feira), às 19h, no Museu Municipal, ocorre um encontro entre o Ilustrador e artistas e especialistas em literatura de Caxias do Sul. A curadoria os convidou para fazer a leitura de obras de Roger Mello, sendo que algumas integram a exposição. Entre os artistas e especialistas, estão: Adriana Antunes, Délcio Agliardi, Douglas Tancroso, Flávia Brocchetto Ramos, Giovana Mazzochi, Karen Basso, Mara de Carli, Maria Nair Sodré Monteiro da Cruz, Mona Carvalho, Natalia Bianchi, Neiva Panozzo, Rafael Dambros, Silvana Boone e Vivi Pasqual.

Para a manhã do dia 28 de setembro (quinta-feira), das 9h30min às 12h30min, Roger Mello convidou a premiada ilustradora Mariana Massarani (RJ) para uma performance de ilustração na frente do Museu Municipal. Essa atividade também integra a exposição. Na manhã de 29 de setembro, das 10h às 12h, Roger estará no Museu, juntamente com o curador Volnei Canônica, promovendo uma visita guiada pela exposição à imprensa e disponível para entrevistas. Alguns dias depois de aberta a exposição, em 4 de outubro, às 10h, também no Museu, haverá um bate-papo com a ilustradora e professora da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro Graça Lima, que trará  “Um olhar sobre a obra de Roger Mello”.

A exposição “ROGER MELLO UM ARTISTA SEM FRONTEIRAS” é uma realização do Centro de Leitura Quindim e da prefeitura Municipal de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal da Cultura/Museu Municipal e dentro da programação da Feira do Livro 2017. O apoio é da Global Editora, da Companhia das Letrinhas,  Loja Santa Nena, Espumante Aliança e Entrelaçados – nutrindo com carinho.

O Centro de Leitura Quindim é parceiro da 33ª Feira do Livro, que ocorre de 29 de setembro a 15 de outubro de 2017, na Praça Dante Alighieri, em Caxias do Sul.  Pelo terceiro ano consecutivo, o grupo participa do maior evento literário da cidade organizando atividades que estimulam o acesso ao livro e a participação da comunidade em bate-papos, exposições e oficinas voltadas ao incentivo à leitura.

Ao todo, o Quindim terá participação direta em uma dezena de ações e encontros gratuitos e abertos à população, além de dispor de um estande permanente no coração da Praça Dante ao longo de todos os dias da feira, cuja realização é da prefeitura municipal de Caxias do Sul. Confira as atividades pelo site: https://www.feiradolivrocaxias.com/

PROGRAME-SE:

O QUÊ: Abertura da exposição “ROGER MELLO UM ARTISTA SEM FRONTEIRAS”

QUANDO: 2 de outubro de 2017 (segunda-feira)

HORÁRIO: 18h30min

LOCAL: Sala de Exposições do Museu Municipal (Rua Visconde de Pelotas, 586, Centro, fones 54-3221.2423 e 3215.4445)

CURADORIA: Volnei Canônica, diretor do Centro de Leitura Quindim

PARTICIPAÇÃO ESPECIAL: Duo de Flautas do Programa Florescer

SAIBA MAIS SOBRE O CENTRO DE LEITURA QUINDIM:

O Centro de Leitura Quindim nasceu em 19 de setembro de 2014, a partir de um desejo do seu idealizador Volnei Canônica de formatar um espaço onde crianças, jovens e adultos possam ter acesso à Literatura Infantil, Juvenil e a conteúdos teóricos sobre a temática.

O Centro é um núcleo do Movimento por um Brasil Literário e têm como eixo central proporcionar ao leitor uma experiência literária, levando em consideração o livro de literatura como um objeto estético em que texto, ilustração e projeto gráfico são fundamentais para tal experiência.

O nome do centro de leitura é uma homenagem ao escritor Monteiro Lobato, considerado o pai da Literatura Infantil. Lobato criou nas suas histórias do Sítio do Pica Pau Amarelo o personagem Quindim, um Rinoceronte.

O nome do Centro de Leitura foi dado pelo escritor e ilustrador Roger Mello, vencedor do Prêmio Hans Christian Andersen 2014 – categoria Ilustrador, que é autor da logomarca do grupo. Até o momento, o Quindim funciona de forma virtual (Fanpage: Centro de Leitura Quindim e Email: centrodeleituraquindim@gmail.com).

O Centro de Leitura Quindim conta com a colaboração de Adriana Antunes, Adriana Lucena Camêlo, Graziela Cunha Canônica, Marli Fronza, Patricia Alberti, Vania Marta Espeiorin e pessoas de outras regiões do país e do Exterior que trabalham em prol do acesso à literatura infantil e juvenil. Queremos montar uma grande rede e agregar mais pessoas para fazer do Brasil um país de leitores.

Em 2016, para andar o lado de seu braço cultural e social, o Quindim abriu as portas virtuais de seu Clube de Leitura. Saiba como participar em: www.clubequindim.com.br