LEGISLATIVO CAXIENSE LAMENTA MORTE DO MÚSICO E EX-VEREADOR ADELAR BERTUSSI

O presidente da Câmara Municipal de Caxias do Sul, Felipe Gremelmaier, lamenta informar à comunidade caxiense o falecimento, em Curitiba/PR, neste sábado (30/09), do ex-vereador e ex-presidente do Poder Legislativo de Caxias do Sul Adelar Bertussi. 84 anos. Ele estava hospitalizado na capital paranaense. A Câmara colocou sua estrutura e o plenário da Casa Legislativa à disposição da família para as últimas homenagens. No entanto, os familiares comunicam que o funeral será no Memorial Bertussi, na Mulada, em Criúva, assim que o corpo chegar a Caxias do Sul.

A perda de Adelar é irreparável, mas seu legado como homem digno e promotor da alegria ficará para sempre. Músico e acordeonista, na década de 1950, Adelar Bertussi formou com o irmão, Honeyde, a maior dupla musical gaúcha de todos os tempos: Os Irmãos Bertussi.

Era natural de São Jorge da Mulada, em Criúva, na época território ligado ao município de São Francisco de Paula e, hoje, distrito de Caxias do Sul. Sua carreira de músico conta com mais de 70 anos de vida profissional. Entre LPs e CDs, possui mais de 50 discos gravados.

A dupla realizou mais de 6 mil apresentações no Brasil e Exterior. Possui mais de 400 músicas gravadas. Na quarta-feira, Adelar, representado pelo sobrinho Daltro Bertussi, recebeu do Legislativo a Medalha Honeyde Bertussi 2017. No dia 15 de setembro, dentro do projeto CinePlenário, a Câmara apresentou à comunidade o documentário “Adelar Bertussi – O Tropeiro da Música Gaúcha”, seguido de bate-papo com o diretor do filme, Lissandro Stallivieri.

Adelar Bertussi foi vereador em Caxias do Sul pelo MDB por dois mandatos: na VII e na VIII legislaturas (1973-1976 e 1977-1982), respondendo pela presidência da Casa em 1982.

Imagens:

Da capa do DVD-Documentário sobre a trajetória de Adelar Bertussi

Adelar Bertussi – à época em que foi presidente da Câmara de Caxias – Acervo do Centro de Memória da Câmara

1