JU BATE COLORADO NA SÉRIE B 2017 NO JACONI

Com um Jaconi com mais de 12 mil torcedores, Juventude e Internacional realizaram um confronto equilibrado durante os 90 minutos. Intenso, o confronto iniciou com o time visitante procurando mais o campo ofensivo. Por outro lado, o Juventude mostrou segurança no seu setor de marcação, permitindo apenas um chute cruzado de Edenilson, aos 6, para boa defesa de Matheus. Aos 10, Juninho tocou para Leilson finalizar por cima.

Aos 15 minutos o Juventude já equilibrava o confronto e começava a mostrar sinais de que tomaria conta do campo de ataque. Aos 17, Juninho recebeu de Fahel e chutou firme, mas desviado, para fora. Aos 28, Pará fez linda jogada pela esquerda, passou por três marcadores e serviu Ramon, que adiantou e chutou sobre a marcação, para escanteio. Na cobrança, Pará cobrou com perfeição e Micael subiu mais que todo mundo para cabecear com precisão, no pé da trave esquerda de Danilo Fernandes. 1 x 0.

A resposta do Internacional, porém, chegou rápido. Dois minutos depois, Gutierrez ficou cara a cara com Matheus e finalizou colocado. A bola por muito pouco não foi afastada de cima da linha. 1 x 1. O gol não abateu o ímpeto alviverde, que seguiu controlando bem o jogo até o final da primeira etapa.

O segundo foi de mais intensidade, pelo menos do lado Jaconero. Com menos de um minuto de jogo, Pará cobrou falta no ângulo e Danilo Fernandes se esticou todo para mandar para escanteio. Aos 13, Ramon sofreu uma lesão e foi substituído por Wesley Natã.

11

Foto:Arthur Dallegrave/E.C.Juventude

Aos 27, Lucas e Natã fizeram excelente triangulação e Vidal apareceu para finalizar, em bom lance de ataque. Lá e cá, o Internacional criou boa chance com Nico Lopez, que parou em uma defesa espetacular de Matheus. No contra-ataque, o Ju mostrou porque é tão forte no Jaconi. Wesley Natã recebeu na intermediária ofensiva e, de três dedos, fez um lançamento perfeito para Yago. O atacante dominou partindo em direção ao gol e, mesmo cercado pela marcação, finalizou com categoria, em chute certeiro no canto esquerdo de Danilo Fernandes. 2 x 1, comemoração entusiasmada do jovem atacante e explosão nas arquibancadas do Jaconi. Estava decretada a vitória alviverde no clássico Juve-Nal.

Agora, todo o foco do Juventude se volta para o confronto diante do Criciúma, terça-feira, às 21h30min, no estádio Heriberto Hulse, em Santa Catarina.