JUVENTUDE VENCE NA ESTRÉIA DA SÉRIE B 2017

Dos onze jogadores escolhidos por Gilmar Dal Pozzo como titulares, sete faziam a sua estreia em jogos oficiais com o manto alviverde. Foram a campo Matheus Cavichioli, Tinga, Domingues, Ruan Renato e Pará; Fahel, Diego Felipe, Leílson e Caprini; Wesley Natã e Tiago Marques. Aos 2, Tinga cobrou lateral na área e Wesley Natã cabeceou com perigo. Depois disso, o Luverdense passou a desacelerar o jogo, tocando a bola na defesa, e as chances de gol demoraram para aparecer. Aos 27, Caprini cruzou pela ponta e a bola passou muito perto do pé de Wesley, que quase conferiu para o gol. No contra-ataque do adversário, Macena arriscou de fora e Matheus Cavichioli fez uma bela defesa.

Aos 33, Wesley Natã recebeu belo passe de Ruan Renato e saiu na cara do gol. Na hora em que ele foi rolar para Tiago Marques concluir, o defensor se esticou todo e conseguiu cortar o que seria o primeiro gol do jogo. No ataque seguinte, Pará apareceu livre pela esquerda e cruzou. A bola chegou na área, onde Tiago Marques e Caprini aguardavam livres, mas o domínio do primeiro não foi bom e a defesa afastou. Aos 39, o adversário respondeu com Paulinho, que chutou de longe, com muito perigo. No último ataque da primeira etapa, o Juventude bateu na trave. Tinga recebeu pela direita e encobriu o goleiro com uma cavadinha. Por centímetros a bola não entrou, e acabou tocando no poste direito.

O segundo tempo iniciou bastante movimentado. Aos 8, Tiago Marques saía na cara do gol após passe de Leílson quando o auxiliar assinalou impedimento bastante duvidoso. No ataque seguinte do adversário, o placar foi aberto. Alaor pegou a sobra de um escanteio e, de fora da área, finalizou com força, no canto. 0×1. Aos 14, Lucas, que entrou na vaga de Diego Felipe, roubou a bola na intermediária e arriscou um chute de longe. No lance seguinte, Leílson recebeu no meio e, de fora da área, chutou no canto, para ótima defesa do goleiro. Aos 17, o Juventude chegou ao gol de empate. Pará cobrou escanteio, Fahel desviou e Tiago Marques, na pequena área, desviou para o fundo das redes. 1×1.

Aos 26, Tiago Marques quase fez o segundo após ótimo cruzamento de Lucas, mas a bola passou por cima. Aos 29, o goleiro Matheus mostrou seu cartão de visitas à torcida. Macena cabeceou e o arqueiro brilhou em uma defesa extraordinária. Aos 31, Marques recebeu de Pará e finalizou na saída do goleiro Diogo Silva, que fez bela defesa. Foi um sinal de que o gol da virada viria. E com a assinatura do camisa 9. Após o escanteio, Pará cruzou e Tiago Marques subiu mais alto que todo mundo e, com muita qualidade, cabeceou no canto, para baixo, tirando do goleiro adversário. 2×1. Empurrado pela torcida Jaconera, o Ju seguiu pressionando. Aos 40, o terceiro quase veio. Leílson deu um belo passe para Ramon que, de canhota, finalizou no poste. O Luverdense até tentou chegar ao empate, mas a defesa do Juventude não permitiu. Na estreia da Série B, com muito suor, deu Ju.

1

Foto:Divulgação/E.C.Juventude/Arthur Dallegrave

O confronto seguinte é na próxima sexta-feira (19/05), diante do Vila Nova, em Goiânia, às 20h30min.