FALTA DE PESSOAL NA UBS RIO BRANCO PREOCUPA

A falta de pessoal, na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Bairro Rio Branco, foi externada pelo vereador Velocino Uez/PDT, na sessão ordinária desta quinta-feira (30/03). Ele contou ter tomado conhecimento do fato após reunião com o presidente da Associação de Moradores do Bairro (AMOB), Sérgio Scola. Mencionou que, nos dois primeiros meses do ano, a UBS tinha duas clínicas gerais que atendiam 16 pacientes duas vezes por semana e uma profissional que fazia 26 consultas, de segunda a sexta-feira. “Porém, neste mês, uma médica se aposentou e outra não teve o seu contrato renovado, causando o déficit de clínicos, no Postinho”, relatou.

O pedetista destacou que os atendimentos de ginecologia e pediatria seguem normalmente, na UBS Rio Branco, mas que as consultas com clínicos gerais estão sendo encaminhadas para outras UBS da região e, até mesmo, para o pronto atendimento (PA) 24 horas. De acordo com Uez, Scola vem buscando soluções junto à Secretaria Municipal da Saúde há, pelo menos, 30 dias, mas que a resposta é sempre a de que a pasta estaria em fase de contratação de profissionais.

O parlamentar também pautou brevemente a falta de segurança, nas terças-feiras, à noite, no entorno da Igreja Santo Antônio, no Bairro Cinquentenário. Semanalmente, o templo sedia a missa do Padre Ezequiel Dal Pozzo, reunindo cerca de 900 pessoas. Uez afirmou ter se reunido com a Brigada Militar, que se comprometeu a deslocar uma viatura, para fazer o patrulhamento da área, nas noites de missa.