DESCOBERTO NOVO FOCO DO MOSQUITO DA DENGUE EM CAXIAS

Agentes de Endemias da Vigilância Ambiental identificaram, na última sexta-feira (03/03/17), três novos focos do mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e zika vírus, no bairro Cânyon. Com esse registro, subiu para sete o número de focos do mosquito Aedes Aegypti em Caxias do Sul.

Eles foram identificados durante trabalho da equipe da Vigilância Ambiental na delimitação de área realizada na região devido ao segundo foco, localizado no dia 24 de fevereiro. Uma nova delimitação de 300 metros da área onde foram encontrados os focos será realizada. Todos os locais, dentro desse perímetro, serão vistoriados pelos Agentes de Endemias.

Nesta última ação, as larvas foram localizadas em pneus, baldes, potes e caixas d’água. Conforme o coordenador da Vigilância Ambiental, Rogério Poletto, também foram identificados no bairro mosquitos adultos do Aedes. “Precisamos contar com o apoio da comunidade na limpeza e cuidado de pátios e casas. O controle desse mosquito é um trabalho conjunto do poder público e da população”, reforça.

Em 2016, foram identificados 10 focos do Aedes no município. As larvas estavam nos bairros Centro (1), Cidade Nova (3), Jardim América (1), Pioneiro (2), São Pelegrino (1), Fátima Baixo (1) e Marechal Floriano (1). Além disso, foram confirmados seis casos de dengue, dois de febre chikungunya – todos importados – e um de zika vírus.

Confira algumas orientações sobre como combater o Aedes aegypti:

  • limpe com escovação semanal do pote de água do cão e/ou gato;

  • recolha o lixo do pátio;

  • coloque o lixo ensacado para ser recolhido pela Codeca;

  • recolha pneus inservíveis e armazene-os em locais secos e protegido da chuva ou encaminhe ao Ecoponto da Codeca (não tem custo para o morador que entregar o pneu seco na Codeca);

  • tampar caixas d’água;

  • colocar telas milimétricas em caixas d’água descobertas e/ou de captação de água da chuva;

  • limpar calhas;

  • lavar e escovar piscinas;

  • images